Share with friends and colleagues on social media

Recentemente tivemos mais um episódio complicado em São Paulo, prejudicando muito o trânsito por aqui.

Lendo as diversas matérias sobre o assunto, me deparo com a seguinte frase:

“A Prefeitura de São Paulo procura o projeto original do viaduto que cedeu na madrugada de 15 de novembro na pista expressa da Marginal Pinheiros”

A matéria comenta inclusive que tentaram conseguir a documentação até com a viúva do engenheiro que projetou o viaduto!

Imediatamente me lembrei de outro acontecimento recente em que diversas informações importantes foram perdidas. Tratei inclusive deste tema na matéria publicada na Computerworld sobre a perda de informações críticas e históricas no incêndio do Museu Nacional no Rio de Janeiro (link abaixo).

https://computerworld.com.br/2018/09/24/armazenamento-definido-por-software-protecao-de-dados-como-memoria-digital/?utm_source

No caso atual, muito poderia ser evitado caso houvesse um programa mais ativo para digitalização de documentos históricos. Sei que a queda não teria sido evitada, mas com certeza os documentos importantes para restauração estariam preservados.

Com certeza isto representa um grande volume de dados, e é justamente neste cenário que a solução SUSE Enterprise Storage desempenha um papel crítico, permitindo o armazenamento e proteção destes documentos com alta disponibilidade, criptografia a um custo coerente e sem impactos para crescimento do ambiente.

Quer saber mais sobre o SUSE Enterprise Storage e como podemos auxiliar na proteção dos dados críticos do seu ambiente? Acesse https://www.suse.com/solutions/software-defined-storage/ ou entre em contato através do meu email marcelo.arantes@suse.com .

Uma boa semana!


Share with friends and colleagues on social media

Category: Ceph, Disk to Disk Backup Storage, Software-defined Infrastructure, Software-defined Storage, SUSE Enterprise Storage, SUSE Storage
This entry was posted quarta-feira, 21 novembro, 2018 at 5:58 pm
You can follow any responses to this entry via RSS.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

No comments yet