SUSE Linux Enterprise Server para Systems z e LinuxONE

Há mais de 15 anos, as empresas confiaram seus aplicativos essenciais ao SUSE Linux Enterprise Server (SLES) para IBM z Systems. O SUSE Linux Enterprise Server (SLES) aumenta o tempo de atividade, reduz os custos operacionais e acelera a inovação. Conforme sua carga de trabalho aumenta, mude para o sistema operacional que é melhor otimizado para o mainframe que qualquer outro SO Linux.

Principais recursos
  • Otimizado para ser executado com o hardware IBM z System e tecnologias de virtualização
  • Recursos de RAS avançados aumentam a confiabilidade e reduzem os custos
  • O YaST oferece a mais poderosa instalação, configuração e estrutura de gerenciamento do Linux atualmente disponíveis.
  • Suporta o mecanismo de contêiner do projeto Docker de código-fonte aberto
  • IBM Java 8 incluso
Clique para ver mais recursos
Versão 12

Requisitos do sistema

Hardware
  • IBM zEnterprise z Systems196 (z196)
  • IBM zEnterprise z Systems114 (z114)
  • IBM zEnterprise EC12 (zEC12)
  • IBM zEnterprise BC12 (zBC12)
  • IBM z13 (z13)
  • IBM LinuxOne Rockhopper
  • IBM LinuxOne Emperor
Rede
  • OSA Express Ethernet
  • HiperSockets ou LAN de convidado
  • 10 GBE, vSwitch
  • RoCE
Espaço em disco
  • 800 MB no mínimo
  • 2,6 GiB para instalação padrão
  • 3,6 GiB ou mais recomendados
Memória
  • 1 GiB para instalação em z/VM
  • 1 GiB para instalação em LPAR
Clique para ver mais especificações

O que é SUSE Linux Enterprise Server para System z e LinuxONE?

O SUSE Linux Enterprise Server para System z e LinuxONE é um sistema operacional comercial Linux especificamente produzido para mainframe. Isso significa que diversos recursos do sistema operacional z/VM e do hardware do System z são aproveitados pelo SUSE Linux Enterprise Server para assegurar que o compartilhamento de recursos, a recuperação de desastres e outros tipos de capacidade estejam disponíveis para o SUSE Linux Enterprise Server para System z e LinuxONE.

O SUSE Linux Enterprise Server para System z e LinuxONE permite que você consolide cargas de trabalho existentes distribuídas em servidores System z para ajudar a minimizar custos, reduzir o tempo de inatividade, diminuir a complexidade do data center e aumentar a agilidade nos negócios.

Quais são as cargas de trabalho mais adequadas para o SUSE Linux Enterprise Server para System z e LinuxONE?

  • Uma combinação de cargas de trabalho orientadas à alta transação de E/S e cargas de trabalho moderadamente intensas na CPU é melhor para mainframes.
  • Oracle, SAP, IBM middleware e muitos outros ISVs contribuem com mais de 3.150 aplicativos em execução no Linux no mainframe.
  • Quase todos os aplicativos de middleware da IBM são executados no SUSE Linux Enterprise Server para System z e LinuxONE.
  • Centenas de aplicativos de código-fonte aberto executados no SUSE Linux Enterprise Server para servidores x86, como Apache, MySQL e Samba, também são executados no mainframe.

O SUSE Linux Enterprise Server para z Systems e LinuxONE é a plataforma de hardware certa para mim?

O SUSE Linux Enterprise Server para System z e LinuxONE é a opção ideal para:

  • Clientes de mainframe com mainframes existentes que queiram adicionar o Linux e se beneficiar das vantagens combinadas
  • Novos clientes que decidem comprar pela primeira vez um computador z Systems que executa Linux

Essa solução combinada é ideal para clientes que:

  • Hospedam centenas de servidores virtuais que executam diversos tipos de cargas de trabalho e precisam consolidar seu ambiente
  • Estejam vivenciando ou projetando o crescimento da TI e desejam uma forma melhor de gerenciar esse crescimento com o z/VM
  • Esforçam-se para hospedar cargas de trabalho de dados intensos e de E/S em servidores virtuais com níveis aceitáveis de desempenho, escalabilidade, disponibilidade, planejamento de capacidade ou recuperação de desastre
  • Precisam de largura de banda de E/S e escalabilidade, ou então de uma rigorosa segurança do sistema

De que forma o Linux é executado em mainframe?

Em um IFL, o Linux pode ser executado em modo autônomo na partição lógica (LPAR) e sob o z/VM. Atualmente, aproximadamente 95% das implantações de Linux no System z são executadas sob o z/VM.

Clique para ver mais perguntas

Aumente o tempo ativo.
Tempo de inatividade não é uma opção

O IBM Systems z foi criado com disponibilidade em mente. O SUSE Linux Enterprise Server fornece dimensões extras de disponibilidade enquanto dá suporte ao lendário RAS do IBM Systems z.
Mais ›

Inovação em aceleração com o Linux nº 1 para o mainframe

Cada vez mais empresas escolhem o SUSE Linux Enterprise Server para System z e LinuxONE do que qualquer outro Linux para executar cargas de trabalho em mainframes IBM. Os motivos são excelência em engenharia e conhecimentos profissionais de longo prazo que aceleram a inovação.
Mais ›

Aumente a eficiência operacional com ferramentas que não encontrará em nenhum outro lugar

Aumente sua eficiência com a simplificação do gerenciamento de sistemas. Garanta altos níveis de segurança e de capacidade de adaptação com um ecossistema sem igual e ferramentas únicas para o SUSE.
Mais ›