SUSE Manager Management Pack para Microsoft System Center Operations Manager

Quando usamos ferramentas separadas para manter e corrigir sistemas, o monitoramento da conformidade da integridade e a implantação das atualizações necessárias nos servidores Windows e Linux podem ser onerosos e demorados. Agora, os administradores de sistemas Windows podem ver informações de saúde do servidor e executar tarefas de aplicação de patch no Windows e Linux por meio do mesmo console.

Principais benefícios
  • Verificar rapidamente a atualização, a saúde e o status de segurança de todos os servidores Linux
  • Visualizar uma lista de todos os servidores Linux prontos para atualizações e patches essenciais ou opcionais
  • Programar uma janela de manutenção para um servidor Linux específico ou em um grupo de servidores Linux
  • Quando combinado com o SUSE Linux Enterprise Server (SLES) com Suporte Expandido, aplicar patches em servidores Red Hat Enterprise Linux Servers

Requisitos do sistema

Implementação
  • SUSE Manager e Microsoft System Center Operations Manager 2007 R2 ou posterior (agora com suporte para Systems Center 2016) a serem instalados.
  • Um direito de gerenciamento do ciclo de vida do SUSE Manager é necessário para cada sistema Linux gerenciado.
  • Para gerenciar o servidor Red Hat Enterprise Linux Server, é necessário ter o servidor SUSE Linux Enterprise com Suporte Expandido.
Requisitos mínimos
  • SUSE Manager versão 1.7 ou mais recente
  • Direitos de gerenciamento do ciclo de vida do SUSE Manager
  • System Center Operations Manager 2007 R2 ou mais recente

Reduzir custos

Aumenta seu investimento na infraestrutura existente, incluindo software, hardware e conhecimento.

Economizar tempo

O gerenciamento de patch de Windows e Linux pode ser feito do mesmo console ao invés de dividir o tempo entre os dois silos.

Minimizar riscos

A eficiência aprimorada na aplicação de patches e de atualizações se traduz em menor risco de falha por conta de patch inexistente ou aplicado incorretamente.