Principais recursos

icon icon

A implantação de aplicativos em uma única etapa permite que os desenvolvedores simplesmente transfiram aplicativos de seus desktop...

Read More

icon icon

Simples e rápido, o SUSE Cloud Application Platform aumenta a eficiência ao ser executado em contêineres leves, e não em máquina...

Read More

icon icon

O suporte para o Kubernetes nativo (como uma prévia da tecnologia) e para os programadores do contêiner Diego do Cloud Foundry prop...

Read More

icon

A implantação de aplicativos em uma única etapa permite que os desenvolvedores simplesmente transfiram aplicativos de seus desktops usando a CLI ou a UI da Web. O SUSE Cloud Application Platform automaticamente configura o ambiente, fornece as dependências necessárias, vincula os serviços necessários e entrega o aplicativo como um contêiner, que é, então, automaticamente gerenciado e dimensionado em escala.

×
icon

Simples e rápido, o SUSE Cloud Application Platform aumenta a eficiência ao ser executado em contêineres leves, e não em máquinas virtuais que consomem muitos recursos. Ele ocupa uma fração do espaço físico de memória de outras distribuições e, ao mesmo tempo, é mais rápido de ser recuperado e escalonado.

×
icon

O suporte para o Kubernetes nativo (como uma prévia da tecnologia) e para os programadores do contêiner Diego do Cloud Foundry proporciona flexibilidade para os operadores. A nova implementação permite que os operadores escolham o programador de contêineres, dando aos clientes a opção de usar o Kubernetes ou o Diego. Independentemente de qual deles for usado, a experiência do desenvolvedor permanece a mesma.

×
icon icon

Buildpacks de código-fonte aberto permitem que os desenvolvedores tenham flexibilidade para trabalhar com a melhor opção de lingua...

Read More

icon icon

Pronto para a empresa, tecnologia de código-fonte 100% aberto, incluindo o SUSE Linux Enterprise Server, Kubernetes, Cloud Foundry e...

Read More

icon icon

Tolerante a falhas e autorreparável, com alta disponibilidade para componentes essenciais, o SUSE Cloud Application Platform monitor...

Read More

icon

A implantação de aplicativos em uma única etapa permite que os desenvolvedores simplesmente transfiram aplicativos de seus desktops usando a CLI ou a UI da Web. O SUSE Cloud Application Platform automaticamente configura o ambiente, fornece as dependências necessárias, vincula os serviços necessários e entrega o aplicativo como um contêiner, que é, então, automaticamente gerenciado e dimensionado em escala.

×
icon

Simples e rápido, o SUSE Cloud Application Platform aumenta a eficiência ao ser executado em contêineres leves, e não em máquinas virtuais que consomem muitos recursos. Ele ocupa uma fração do espaço físico de memória de outras distribuições e, ao mesmo tempo, é mais rápido de ser recuperado e escalonado.

×
icon

O suporte para o Kubernetes nativo (como uma prévia da tecnologia) e para os programadores do contêiner Diego do Cloud Foundry proporciona flexibilidade para os operadores. A nova implementação permite que os operadores escolham o programador de contêineres, dando aos clientes a opção de usar o Kubernetes ou o Diego. Independentemente de qual deles for usado, a experiência do desenvolvedor permanece a mesma.

×
icon

Buildpacks de código-fonte aberto permitem que os desenvolvedores tenham flexibilidade para trabalhar com a melhor opção de linguagem e de estrutura para qualquer tarefa.

×
icon

Pronto para a empresa, tecnologia de código-fonte 100% aberto, incluindo o SUSE Linux Enterprise Server, Kubernetes, Cloud Foundry e Stratos UI, protege seu investimento e diminui os riscos.

×
icon

Tolerante a falhas e autorreparável, com alta disponibilidade para componentes essenciais, o SUSE Cloud Application Platform monitora a integridade de todos os contêineres e reinicia automaticamente os que apresentam falhas.

×
icon

A implantação de aplicativos em uma única etapa permite que os desenvolvedores simplesmente transfiram aplicativos de seus desktops usando a CLI ou a UI da Web. O SUSE Cloud Application Platform automaticamente configura o ambiente, fornece as dependências necessárias, vincula os serviços necessários e entrega o aplicativo como um contêiner, que é, então, automaticamente gerenciado e dimensionado em escala.

icon

Simples e rápido, o SUSE Cloud Application Platform aumenta a eficiência ao ser executado em contêineres leves, e não em máquinas virtuais que consomem muitos recursos. Ele ocupa uma fração do espaço físico de memória de outras distribuições e, ao mesmo tempo, é mais rápido de ser recuperado e escalonado.

icon

O suporte para o Kubernetes nativo (como uma prévia da tecnologia) e para os programadores do contêiner Diego do Cloud Foundry proporciona flexibilidade para os operadores. A nova implementação permite que os operadores escolham o programador de contêineres, dando aos clientes a opção de usar o Kubernetes ou o Diego. Independentemente de qual deles for usado, a experiência do desenvolvedor permanece a mesma.

icon

Buildpacks de código-fonte aberto permitem que os desenvolvedores tenham flexibilidade para trabalhar com a melhor opção de linguagem e de estrutura para qualquer tarefa.

icon

Pronto para a empresa, tecnologia de código-fonte 100% aberto, incluindo o SUSE Linux Enterprise Server, Kubernetes, Cloud Foundry e Stratos UI, protege seu investimento e diminui os riscos.

icon

Tolerante a falhas e autorreparável, com alta disponibilidade para componentes essenciais, o SUSE Cloud Application Platform monitora a integridade de todos os contêineres e reinicia automaticamente os que apresentam falhas.

Descubra o que há de novo nos mais recentes detalhes da versão

Especificações técnicas

Requisitos mínimos do sistema

O SUSE Cloud Application Platform é implantado como contêineres em um cluster Kubernetes compatível. Quando implantado no SUSE Container as a Service Platform, ele herda esses requisitos.

  • No mínimo quatro nós para um cluster de teste compacto
  • No mínimo sete nós para implantação em produção
  • Conexão com a Internet para downloads durante a instalação
  • 8 GB de memória por painel do SUSE Container as a Service Platform e nós master do Kubernetes
  • 16 GB de memória por profissional do Kubernetes
  • 40 GB de espaço em disco por painel do SUSE Container as a Service Platform e nós master do Kubernetes
  • 60 GB de espaço em disco por profissional do Kubernetes.

Ambientes compatíveis

  • SUSE Container as a Service Platform
  • Amazon EKS
  • Azure AKS
  • Google GKE
  • A execução do SUSE Cloud Application Platform no Amazon EKS, Azure AKS ou Google GKE é compatível no modelo "Traga sua própria assinatura". A SUSE oferece suporte apenas ao software do SUSE Cloud Application Platform; e não à infraestrutura de nuvem subjacente.