Share with friends and colleagues on social media

Cloud Foundry + Kubernetes = SUSE Cloud Application Platform

 

A gigantesca indústria de containers acaba de ganhar um novo integrante. A SUSE disponibiliza o novo release do SUSE Cloud Application Platform 1.3 (CAP), a solução que une dois competidores do mundo de containers em uma única solução: Cloud Foundry – solução líder de plataforma como serviço, com uma comunidade que conta com empresas como Google e Microsoft – e Kubernetes – solução líder em orquestração de containers. Mas na prática, como isso funciona?

 

Cloud Foundry –  PaaS

Bem como a própria documentação do projeto informa, “Kubernetes não é um sistema de PaaS (Platform as a Service) tradicional“. É justamente nesse ponto que o Cloud Foundry atua, buscando criar a melhor experiência para o desenvolvimento e tornando possível disponibilizar o mais rápido possível suas aplicações na cloud pública ou mesmo on-premise, isentando o administrador de  toda parte desnecessária de configurações de infraestrutura, e focando no que realmente interessa para o negócio: o seu código.

Basta executar o comando – ~ cf push meuapp -p meuapp.jar – e em instantes sua aplicação está no ar.

O Cloud Foundry já é considerado o mais poderoso PaaS no mercado, oferecendo flexibilidade para o futuro. É um projeto open source na sua essência e permite a integração com clouds híbridas, contando com o apoio de vasta comunidade entre seus membros.

 

Kubernetes

A não ser que você seja um certo capitão que estava lutando na segunda guerra e por ironia do destino acabou em um bloco de gelo e acordou do seu sono criogênico, você sabe o que é Kubernetes, líder absoluto hoje no mercado em termos de orquestração de containers. A solução é mantida pela CNCF (Cloud Native Computing Foundation) que já possui mais de 250 membros – incluindo aí o Google – que colaboram para o desenvolvimento do projeto. A solução tem se mostrado extremamente flexível e oferece um novo paradigma para o futuro da TI como um todo.

 

SUSE Cloud Application Platform

Se interessou pelos dois projetos? Por que não uni-los em um só? Essa foi exatamente a ideia da SUSE, que decidiu unir as capacidades de escalabilidade do kubernetes para disponibilizar uma estrutura Cloud Foundry. Inclusive, a SUSE foi a primeira organização Enterprise open source a disponibilizar o Cloud Foundry rodando no kubernetes,  facilitando assim o seu processo de deployment e permitindo uma melhor utilização de recursos computacionais. Esqueça de vez as inúmeras máquinas virtuais necessárias para instalar o Cloud Foundry, e as complexas configurações de network! Com o SUSE Cloud Application Platform você só precisa de 2 workers nodes e o kubernetes cuida de todo o resto! Todo o processo de instalação foi concebido com o objetivo de abstrair a complexidade de deployment em qualquer kubernetes, e por isso são utilizados helm charts – um package manager já bem conhecido da comunidade kubernetes.

A plataforma conta com uma interface gráfica chamada Stratos que expõe a administração, a monitoração e a visualização de forma orgânica e facilita ainda mais o trabalho dos times de TI.

Quer saber mais? visite a página oficial da solução https://www.suse.com/products/cloud-application-platform/


Share with friends and colleagues on social media

Category: Cloud Computing, Containers as a Service, Kubernetes, SUSE CaaS Platform, SUSE Cloud Application Platform
This entry was posted martes, 4 diciembre, 2018 at 11:23 pm
You can follow any responses to this entry via RSS.

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

No comments yet